Plano de saúde ainda vale a pena?

O cuidado com sua saúde é prioridade, afinal, somente estando saudável é possível trabalhar, estudar, se divertir, enfim, correr atrás dos sonhos e das realizações. Mas a grande preocupação de muitas pessoas é saber se terá condições de pagar por assistência médica básica ou por um tratamento médico mais caro.

O que muita gente não sabe, no entanto, é que é possível contratar um plano de saúde privado, com preços acessíveis e cobertura que contemple todas as necessidades. Aquele que opta por adquirir um plano de saúde para familiares ou para oferecer aos funcionários ganha em segurança, tranquilidade e ainda consegue economizar.

Plano de saúde ainda vale a pena?

Plano de saúde ainda vale a pena?

Vantagens de ter um plano de saúde

  • Atendimento: Você garante um atendimento sempre que necessário, é um dos principais fatores que levam as pessoas a buscarem um plano de saúde. As seguradoras possuem convênios com uma ampla rede de hospitais, clínicas e laboratórios, aumentando as chances de pronto-atendimento, em caso de emergência.
  • Tranquilidade: Ter em mente que está assegurado traz mais tranquilidade para realizar as atividades e compromissos do dia a dia.
  • Suporte e atendimento exclusivo: Muitos planos de saúde oferecem suporte telefônico com atendimento em horário estendido, central de clientes e até marcação de consultas e até mesmo a Telemedicina, pelo site ou por aplicativos para smartphone.

Com as vantagens listada acima podemos concluir que hoje ter um plano de saúde ainda vale a pena!

Quais as observações que devo fazer antes da contratação?

O primeiro passo é saber se ele está regulamentado na Agência Nacional de Saúde e se oferece a cobertura mínima prevista no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS.

Ver se o plano é completo, que contempla consultas médicas, exames e procedimentos em consultórios ou clínicas ou hospitalar, que contempla, também, internação em hospitais. A cobertura hospitalar pode contemplar, ainda, procedimentos de obstetrícia, que incluem parto, internação e assistência médica ao recém-nascido (natural ou adotivo) durante 30 dias após o parto.

E quanto às formas de contratação ?

Os planos de saúde podem ser individual, familiar, por adesão ou empresarial.
Em geral, não há um único plano de saúde “ideal”, há, sim, planos que se encaixam melhor às necessidades de cada um, e é isso que deve ser observado antes de escolher uma modalidade e operadora.

Procurando um plano de saúde?

Disponibilizamos os melhores planos de saúde em São Paulo e todo Brasil, saiba mais nos links abaixo e solicite uma cotação.

Acesse as tabelas de planos de saúde: