Como escolher um plano de saúde em 10 passos

Você está contratando um plano de saúde mas está em dúvida sobre como proceder e escolher da melhor maneira possível aquela solução que, de fato, será útil?

Realmente esta não é uma tarefa simples, afinal, este plano tem que ser o melhor possível, dentro do seu orçamento, para cumprir o que ele promete e deixar você tranquilo e seguro de que tem a melhor solução a seu alcance.

Pensando nisto, separamos, a seguir, algumas dicas de como escolher um plano de saúde em 10 passos, de forma simples e direta. Que tal conferir e obter essa ajuda rápida neste momento tão decisivo?

Confira!

1 – Consulte o plano junto a ANS

O primeiro passo é pesquisar o plano que você está considerando no site da Agência Nacional de Saúde Suplementar, ANS. Lá, com o nome e CNPJ é possível verificar os dados da empresa e todas informações necessárias para descobrir se ela é realmente confiável.

2 – Verifique a empresa junto ao público

A melhor forma de entender se uma operadora é realmente boa é analisar o comportamento de quem já é cliente. Por isso, pesquise postagens, avaliações, críticas e mais informações disponíveis. Veja o que as pessoas dizem e também o que a empresa responde. São ambas informações muito valiosas.

3 – Entenda suas necessidades

Em paralelo a isto, é essencial que você tenha de forma clara o que tem em mente ao procurar um plano de saúde. É somente para você? É para a família ou empresa? É para segurança e tranquilidade ou você realmente irá usar bastante? Tudo isso irá influenciar diretamente no melhor modelo de plano. Reflita!

4 – Seja sincero sobre sua saúde

Além disso, é essencial que você seja sincero sobre seu estado de saúde. No hora de assinar o contrato, a empresa pergunta se você faz algum tratamento constante para qualquer doença. Seja sempre verdadeiro, pois o período de carência pode mudar. Além disso, você corre o risco de perder o plano se a mentira for descoberta.

5 – Encontre a cobertura do plano ideal para você

Outro fator essencial para você escolher o plano de saúde é a cobertura. Antes de entender o que o plano oferece, você precisa responder a si mesmo qual o tamanho dessa cobertura é o ideal. Para quem faz viagens pelo país, ele precisa ter cobertura nacional e assim por diante.

6 – Questione sobre a carência

A carência também é um fator decisivo para escolher um plano de saúde. Por lei, você deve esperar até 24 horas para usar o plano nos casos de urgência e emergência e talvez encontre um prazo máximo de seis meses para consultas, internações e cirurgias. Sempre verifique isto e balanceie junto aos seus planos pessoais.

7 – Qual é a rede parceira desse plano?

É essencial que você conheça a rede parceira deste plano que você está escolhendo. Verifique quais são os hospitais, clínicas e laboratórios que fazem parte desta rede. Assim, você pode avaliar o tipo de atendimento que terá, a qualidade, agilidade e entender se isto faz sentido com as suas expectativas.

8 – Pesquise os especialistas

Muitos planos apresentam grandes especialistas dentro do leque de médicos que estão disponíveis. Por isso, faça uma investigação criteriosa sobre quais são estes especialistas que ficam ao seu alcance a partir do plano x.

9 – Consulte os valores e reajustes

Entender os tipos de reajuste que você está exposto também é essencial para escolher um bom plano de saúde. Normalmente, há 3 tipos:

  1. Aniversário do plano;
  2. Mudança de faixa etária;
  3. Por sinistralidade.

10 – Não esqueça do seu bolso

Por fim, depois de considerar tudo isto, pense no que esta contratação impacta o seu bolso. Não adianta contratar algo que não conseguirá pagar depois, ou economizar muito e não ter um bom plano de qualidade. Pondere e invista com cautela!
Preço faz a diferença na escolha do plano de saúde

Quer escolher o melhor plano possível? Entre em contato com um de nossos corretores e solicite agora mesmo uma cotação sem compromisso!