Contratando convênio médico para funcionários

Contratando convênio médico para funcionários

Contar com um excelente e completo convênio médico empresarial é de grande importância para os funcionários de qualquer setor do mercado. Tanto que, pesquisas compravam que o benefício é o segundo item mais valorizado pelos empregados, logo após o salário.

De acordo com a pesquisa feita pelo Ibope Inteligência para o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), a oferta de convênio médico é muito importante (79%) ou importante (16%) para os funcionários.
No entanto, para o empresário tem sido cada vez mais desafiador oferecer e conseguir manter este benefício para o seu quadro de colaboradores. O principal fator é o custo. Segundo a pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do

Oferta de convênio médico

Estado de São Paulo (FecomercioSP), a oferta de convênios médicos representam 12% dos gastos com a folha de pagamento.
Apesar deste impasse, existem alguns itens que podem ajudar ao empreendedor na hora de contratar e gerir o benefício do plano de saúde para os seus funcionários. Para o advogado Sandro Raymundo, especialista em seguros pela FGV/SP e coordenador do curso Convênios Médicos Empresariais, promovido pelo Instituto Segurado Seguro, existem três pontos fundamentais:

  • Faça uma escolha responsável

    Pesquisar e conhecer os tipos de convênios que estão disponíveis no mercado e quais suas vantagens é essencial. “Para algumas empresas, o melhor é optar por um plano com coparticipação, no qual o funcionário também participa do pagamento do serviço, toda vez que ele é utilizado. Essa modalidade leva o beneficiário a fazer um uso mais consciente do plano”, explica Sandro.

    Já para empresas menores, é possível ainda contar com o auxílio à saúde suplementar para que, assim, o próprio funcionário contrate o serviço que melhor lhe satisfaz. “Algumas categorias de servidores público, por exemplo, têm o direito de receber esse auxílio ao invés de se filiarem ao plano de saúde”, afirma.

  • Conheça o convênio que você está adquirindo

    Compreender plenamente quais são os direitos e deveres previstos no contrato é essencial para o empresário. “Por exemplo, empresas com poucos funcionários ficam menos sujeitas a reajustes abusivos e a seguradora não pode cancelar o plano unilateralmente, sem justo motivo. Isso porque as regras para esses grupos menores e o entendimento dos tribunais são mais rigorosos em relação às operadoras, mas muitos empresários não sabem disso.

    São pegos de surpresa com o cancelamento do plano, justamente no momento em que um ou alguns funcionários foram diagnosticados com doenças graves”, reforça Sandro Raymundo. Isto é essencial, já que existe muita pressão no mercado e uma grande quantidade de normas que pode confundir o empreendedor.

  • Converse com a sua equipe sobre o convênio

    Na hora de calcular uma mensalidade, a operadora de convênio considera uma média de uso que o serviço terá. Por isso, explique isto aos seus funcionários. Caso alguém abuse dos serviços, o todo irá pagar o preço.

    Por exemplo, explique a importância de uma segunda opinião médica antes de ser iniciado um procedimento de grande complexidade. “Nesse sentido, a realização de palestras educativas na empresa pode ser de grande valia. Além disso, recomenda-se buscar operadoras que ofereçam programas de prevenção de doenças e incentivem seus clientes a adotarem um estilo de vida mais saudável, dando as diretrizes com ações, campanhas, aplicativos, dentre outros meios”, comenta o advogado.

Além disso, existem outros meios para auxiliar durante o processo de escolha e manutenção do convênio médico empresarial. Como, por exemplo, os direitos do empregador e funcionários diante de reajustes abusivos, da rescisão do contrato pela operadora, acerca da permanência de ex-empregados e aposentados, da regulamentação da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e do entendimento dos tribunais.


PROCURANDO UM PLANO DE SAÚDE?

Disponibilizamos os melhores planos de saúde em São Paulo e todo Brasil, saiba mais nos links abaixo e solicite uma cotação.

Acesse as tabelas de planos de saúde:

Mais notícias sobre planos de saúde